Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.

Início do conteúdo
Topo do site, versão de impressão (Exemplo)
Página inicial > Comunicação > Notícias > Santa Maria recebe o 9º Seminário do Arroz Irrigado
RSS
A A A
Publicação: 12/06/2017 às 17:00

Santa Maria recebe o 9º Seminário do Arroz Irrigado

O seminário apresentou os resultados da safra na região - Foto: Divulgação
O seminário apresentou os resultados da safra na região - Foto: Divulgação

Aconteceu nesta segunda-feira (12) no Salão da Palma, na BR 287, interior de Santa Maria, a nona edição do Seminário do Arroz Irrigado. O evento técnico é uma promoção do 6º Núcleo de Assistência Técnica (Nate) do Instituto Rio Grandense do Arroz de Santa Maria, em parceria com a Associação dos Arrozeiros.

Na abertura do seminário, o engenheiro agrônomo do Irga da região, Gionei Alves de Assis, fez uma apresentação com os resultados da safra 2016/2017, com dados sobre produtividade e área plantada no local, fazendo um comparativo com a safra anterior. A produtividade da região do Nate de Santa Maria nesta safra foi de 7.160 kg/ha em 10.059 hectares semeados. Alta de 11% em relação à última safra, que teve uma quebra acentuada devido ao excesso de chuvas. O engenheiro também apresentou um balanço das ações de difusão de tecnologia do Irga, envolvendo programas como o Projeto 10+ e o Soja 6000, ambos, visando o aumento da rentabilidade dos produtores arrozeiros.

Equipe Irga da região central

Na programação do Seminário do Arroz Irrigado da região, seis palestras levaram conhecimento ao público presente. André Ulguin, professor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) falou sobre o manejo de plantas invasoras, como o arroz vermelho. “Nós enxergamos que esse assunto é um dos mais importantes que envolvem a cultura do arroz e que devemos insistir, pois as plantas invasoras representam danos significativos à produtividade das lavouras”, declara Pedro Hamann, coordenador regional do Irga na Região Central.

O diretor comercial do Irga, Tiago Sarmento Barata, levou ao seminário assuntos referentes ao mercado, comercialização e à valorização do arroz. Já o professor Enio Marchezan, também da UFSM, abordou os cuidados com implantação de soja na várzea, preconizado no Soja 6000.

Para o almoço, a equipe de gastronomia do Irga preparou o tradicional carreteiro da autarquia e, à tarde, a programação seguiu comandada pela meteorologista do Irga, Jossana Cera, que apresentou um panorama sobre os impactos e as previsões do tempo para a cultura do arroz no inverno que se aproxima.

A equipe de gastronomia do Irga preparou um belíssimo carreteiro

Luciano Carmona, consultor do Fundo Latino-Americano de Arroz Irrigado, encerrou as atividades do seminário falando sobre manejos para altas produtividades, previstos dentro dos dez pontos compreendidos na sistemática do Projeto 10+. Cerca de 200 pessoas acompanharam a programação entre produtores rurais, técnicos e pessoas ligadas à cultura do arroz. A intenção, é que o conhecimento técnico obtido durante o seminário seja aplicado nas lavouras orizícolas do RS.

 

Texto: Sara Kirchhof

Assessoria de Comunicação

assessoria-comunicacao@irga.rs.gov.br

(51) 3288-0423

Endereço da página:
Copiar
Instituto Rio Grandense do Arroz
Endereço: Avenida Missões, 342 - Bairro São Geraldo - CEP: 90230-100
Fone: (51) 3288.0400
Porto Alegre - RS
Horário de atendimento: 8h30min às 12 horas e das 13 horas às 17h30min